sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

OBRIGADA



Tenho vivido momentos incríveis..
Uma brisa suave em minha nuca trazendo paz.
Pensamento como gotas de tinta pincelando o sentimento.
A paz transbordando em forma de suor em meus poros.
Todo o meu sentimento esta guardado como segredo.
A emoção vem acariciando meu coração.
Meu olhos viram o inexplicável e eu senti o incontável.
Amo demais e vivo sorrindo para a vida sem motivos de chorar..
Grito aos quatro cantos que agora encontrei o que sempre busquei.
Certeza da vida passageira e da missão a ser comprida.
Vem o dia, vem a noite como barco a deriva na maré.
Que nos deixa muitas fezes tontos sem compreender.
O misterioso sentido do viver.
A convicção explicita e pulsando no peito.
Agradeço todos os dias a existência.
Agradeço tantas oportunidades concedidas.
Obrigada pela permissão de externar escrevendo.
O que ...........................................Obrigada!
Linda obra Divina.

Autora: Solange Netto Andrade
28/12/2013

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

SIMPLES

                        

Sou, penso e externo.
Levo no coração amor e alegria.
Não sinto tristeza nem angustia.
Conto as alegrias  meus sonhos e desejos guardados.
Penso nos motivos que valem a pena viver.
Não esqueço a doçura da existência.
Não menciono dores nem  frustrações.
Neutralizo coisas negativas ao redor.
Descarto o veneno interior da inveja e pessimismo.
Procuro o perdão, não recuso o abrir do coração.
Tiro do peito rancor e agressividade.
Almejo o futuro harmonioso e feliz.
Liberto-me do orgulho ferido.
Não sofro por decepções do passado.
Não elevo a voz externando minhas iras.
Imploro por ternura e afetividades.
Clamo a Deus por paz e amor.
A vida acontece naturalmente.
É simples assim.

Autora: Solange Netto Andrade
30/01/2013

sexta-feira, 7 de junho de 2013

VAI QUERIDA


Bebeu as lágrimas dos meus olhos que ninguém via.
A morte voltou e levou meu silêncio.
Trouxe a dor da saudade noite e dia.
O vento soprou e também me  levou.
Levou minha querida e minha alegria.
Levou meu amor e o meu coração.
Levou retratos, lembranças e meus sonhos.
O vento soprou e também me  levou.
Olhei no espelho para me ver.
Vi o vazio em meu peito da culpa do que nem lembro.
Brota solidão e tristeza.
Que me cravou neste mês.
Vai leva tudo, escancara a alma.
Perverso e mortal que tira do umbigo da gente.
Como rompendo a placenta da noite para o dia.
Estanca a dor e vira ao verso real.
Leva a vida de minha querida.

Autora: Solange Netto Andrade
04/03/2013


TIA MARIA

              
Que sortudos somos em ter uma tia Maria.
Numa pequenina mulher um imenso coração.
Generosa, leal, amável você é muito legal.
É de se reconhecer que sua paciência.
Carinho e dedicação traz estampado no peito.
Como bandeira uma inspiração do amor.
Deixando muitas vezes de fazer o que gosta.
Para atender aos que ama.
Tia Maria tu és tão sublime e delicada.
Que nos deixa sem saber quantificar sua importância em nossas vidas.
Quando éramos criança com olhos de inocência te enxergava grande.
Hoje adultos sentimos a grandiosidade que realmente você é.
Agora aqui queremos gritar bem alto.

Nós te amamos Tia Maria.

Autora: Solange Netto Andrade
13/12/2012



domingo, 31 de março de 2013

VELHICE

             
                         
Temos memória para reviver os momentos da vida.
Quando bonita gerava assunto, agora provoco risadas.
Não tenho pretensão nem preocupação de mudar.
Tenho respostas a todas as perguntas interessantes.
Para quem vive muito todo instante é histórico.
Toda fé tem seu lugar sagrado.
Cada um decide suas escolhas.
Não tenho o olhar tão claro, mas já vivi muito.
Hoje escrevo, canto,brinco para estimulo de meu celebro.
Repensar a vida é questionar o tempo inquestionável.
Respeito às diferenças, pois observo o próximo.
Devo manter a mente ativa e pensante.
A virtude dos sábios e saber envelhecer com qualidade.
Divirta-se quando ainda tem a vantagem da saúde.
Os outros vão morrendo e nós aprendendo a esquecer.
Quero meus dias findados e tranquilos sem medo do mundo.
Afasto-me das coisas que trazem discórdia.
Gozarei meus dias simplesmente em paz.

Autora: Solange Netto Andrade
08/07/2012

MEUS SONHOS


        

De olhos espertos castanho mel.
Sorriso encantador singelo e belo.
Num jeitinho meigo e especial de ser.
Traz  consigo encantamento alegria e simpatia.
Sonho de meus sonhos e fruto de minha alegria.
Estarei presente te vendo crescer.
Descobrindo palavras mágicas do seu mundo infantil.
Se eu pudesse daria asas a eternidade.
E sobrevoaria seus caminhos e livraria de todos os espinhos.
Você me cobre de beijos e abraços apertados.
Decifro sua linguagem que traduz o seu querer.
Querida netinha descubra seu mundo brincando.
Estenda seu braço pedindo colo enquanto pode.
Farei você dormir com cântico de fadas e princesas.
Embalada em meus braços e entre sussurros.
Serenamente e tranquila rapidinho adormece.
Sentirei saudade deste tempo que passa ligeiro.
Por isso  curtirei o máximo que puder.
Minha pequena princesa Sofia.

Autora: Solange Netto Andrade
27/06/2012

terça-feira, 19 de março de 2013

MAMÃE ULTIMA FOTO



03/08/1924  até  04/03/2013

A vida permanece intocada, imutável. Ainda somos o que fomos um para o outro, apenas mudei-me para uma sala ao lado. Chame-me pelo nome ou apelido costumeiro. Fale de mim como sempre falaram. Não mudem o tom nem o ritmo sigam. Ria, contem piadas como sempre fizemos. Deixe meu nome como uma palavra comum faça sem esforço, sem fantasma ou sombra. Sorria sempre quando pensarem em mim. Rezem por mim orações simples. A vida continua com o mesmo significado de sempre. A continuidade é absoluta e inquebrável. Não posso ser esquecida por estar fora da visão. Estou simplesmente à sua espera. Apenas como um intervalo no tempo. Bem próxima como numa outra esquina. 
Está tudo bem!

Solange Netto Andrade – 17/03/2013

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

NO FIM DA LINHA



      

Tomarei uma dose pura de ouro.
Enriquecerei meu espírito deixando mais puro.
Hibernarei em meu próprio corpo.
Sentindo sensações impossíveis de explicar.
Aumentando o ritmo do coração em meu peito.
E entre nuvens de fumaça.
E em águas correntes e quentes flutuar.
Sinto que jogara um feitiço em  mim.
Meus olhos minha pele no vício da vida.
Vejo cair do céu  faíscas em forma de raios.
No auge de cada segundo fico contemplando.
O nascer e por do sol como exigência absurda.
Que egoisticamente no cotidiano não observamos.
Como não percebemos a dor insana.
A fragilidade e a maldade humana.
Numa fraqueza da esperança na alma.
Tentando compreender  tudo pacientemente.
Entender que o tempo é temporal.
E nossa vida é mortal.

Autora: Solange Netto Andrade
21/06/2012


PALAVRA DOCE

          

Quando olho para dentro do amor penso.
Amor não julga o coração só releva a emoção.
Não obriga nem dá lugar à desilusão.
Amor é doação não espera retribuição.
Oculta o pensamento anula raciocínio dos sentimentos.
Tanta adversidade se descobre no amor.
Vivencia-se a dor invisível que sente.
Esconder-se ocultando em todo canto e lugar, em prantos.
Chorando soluçando sem conter-se da dor.
Sentindo este amor machucado.
Tornei-me fortalecida e sem fraquejar suportei.
Diante do espelho beijei meu rosto.
Acariciei minha face em lágrimas.
Toquei meu cabelo delicadamente.
Decidi viver intensamente a saudade.
Que é o único sentimento que fica.
Saudade é como vento que deixa o cheiro da flor.
Saudade é verdadeira, doce e eterna.
Espera tenha paciência que o resto passa.


Autora: Solange Netto Andrade
25/01/2012

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

PROMESSA


                        

Não quero perder este jeito de ser.
Saber ouvir baixinho e ficar calada silenciosa.
Esta disponível sempre que for preciso.
Ser amiga companheira e conselheira.
Ficar sossegada sempre aprendendo.
Conseguir que flua do espírito o amor.
Tirar de minha vida todo o mau.
Com esperança quero sempre ser aprendiz.
Farei tudo para tornar-me melhor.
Quero a certeza do sim no coração.
Preciso soltar de uma vez o não.
Disfarçando o mau humor com sorriso.
Não abrirei  mão da paz.
Só sei viver se for com harmonia.
Eu não quero agora a morte.
Pois tenho muito para viver.
Em caminhos de brisas e sonhos.
Em ocasiões de motivos invisíveis.
Amando o que for possível e deliciando os dias.
Assim prometo.

Autora: Solange Netto Andrade
09/06/2012

FLORAL DA VIDA


            

Conduzi meus passos por onde queria passar.
Sempre soube que queria seguir em frente.
Não importando as estórias do passado.  
Chegar à maturidade cheia de vontade.
A fascinação e encantamento me embalam.
O coração  que às vezes mesmo sangrando.
Superando as fatalidades e surpresas da realidade.
Deixo fluir as palavras soltando as dores.
O tremor das mãos demonstrando coragem,
Não espantei minhas lágrimas.
Pois sempre tive o sol que pode enxuga-las.
Quando penso foi tudo muito alem de um vendaval.
Quase perdi os sonhos que guardava em mim.
Quando o medo e o pavor se encontraram.
Não conseguia sentir o sol e nem ver a lua.
De repente de dia eu era a criança sorridente.
E de noite um adulto sozinho e sofrido.
Então dei mãos ao vento.
Libertando todo pensamento com um sopro.
Cultivando dentro de mim um jardim.
Esquecendo todo temor que vivi.
Transformei em floral a minha vida.

Autora: Solange Netto Andrade
02/01/2013

MUITO LOUCO


                      
Existe um mistério dentro de mim,
Sinto impactos dentro do peito.
Como uma tempestade de transformação.
Penso num pedido e faço repentinamente.
No lampejo do que estou sentindo.
Quero constância no domínio e consciência.
Às vezes sou forte ou covarde demais.
Impossível esconder meu corpo, meu estado enfim.
O jeito de apegar-me aos detalhes.
Eis que o detalhe muitas vezes me cansa.
Só mágica alterada e modifica o resultado.
Preciso acreditar que o que penso justifica.
No impacto do sentimento atrai o corpo.
Mexe de forma diversa o comportamento.
O equilíbrio inabalável do que sinto.
Fico atormentada como um furacão rompendo.
Ataca o coração até então sossegado.
Furiosa e sem medo busco respostas.
Sem resposta vou silenciar-me.


Autora: Solange Netto Andrade
02/05/2012

AMOR ETERNO


                       

Eu imploro a Deus pelo amor.
Atormenta-me pensar no desamor.
Quero compromisso do amor eterno.
Desejando a harmonia e felicidade.
Beijar com fervor e sentir o toque agradável.
Lamentável estar juntos apenas por ficar.
É necessário ter verdade no desejo e sentimento.
Se precisar peça perdão e implore o amor.
Cumpra juramento não deixe o coração sofrendo.
Recorde momentos bons sem magoas.
Impeça a tristeza de entrar no seu lar.
Assim será possível compartilhar harmonia.
Nunca se esqueçam de olhar as estrelas.
Lembrem-se das noites que os envolveu.
Vivam alimentando no coração a chama do amor.
Pois o amor verdadeiro é para a vida inteira.
Não traia nem brigue por besteira.
Tenha maturidade deixe a tempestade passar.
Esperem o sol do amanhecer seguinte.
Diga paz para o coração.
Vida longa ao amor eterno.

Autora: Solange Netto Andrade
18/04/2012

DESEJO REALIZADO


                           
                  
Quando a gente ama não existe desculpa.
Na arte de sonhar o desejo se realiza.
Como em água mole em pedra dura.
O coração forte com desejo e sorte.
Acreditar no desejo da vontade do amor.
Minha mão é só carinho e gratidão.
Você é o chão dos meus pés flutuante.
Tudo para meu coração sonhador.
Penso a cada instante e vejo tornando realidade.
Meus dias tornaram coloridos hoje e sempre.
A partir de agora sonharei com minha festa.
Meu vestido de noiva será como a força da fé.
Sempre desejei o amor saúde e sorte.
Fico com o viver e não tenho duvida da felicidade.
Serei uma eterna amante do romantismo.
Quero decidir pela formação da família.
Com meu amor vou passar meus dias.
Na alegria e na tristeza num caminho de paz.
Só ter no pensamento meu amor predestinado.
Pois haverá um só dentro de nós.
Não importa, pois o nosso amor brilhará.
E o clarão da luz nos guiará.  

Autora: Solange Netto Andrade
20/05/2012

NOSSAS AÇÕES


               
                
Sinto expressado no ar à alegria.
Convenço-me a todo instante que melhor mesmo é viver.
Sem asas, mas voar nesta imensidão.
Trilhar o melhor dos sonhos.
Vivendo e sentindo o prazer de existir.
Desfrutando cada segundo.
Como num piscar de olhos.
Perceber o verdadeiro valor da vida.
Buscando alcançar lugares místicos.
Encontrar no silenciar momentos santos.
Querendo que todas as esperanças nunca se percam.
Entendendo efetivamente que liberdade é uma forma.
Como o nosso livre arbítrio.
Traçamos um caminho de harmonia e paz.
Queremos beijos e abraços.
Levando nossos dias em reflexões.
Trazendo para dentro de nós consciência.
Que tudo depende de nossas ações.

Autora: Solange Netto Andrade
21/09/2012