segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

RECOMEÇAR


  
            
Sempre é possível, não importa em que ponto parou.
Esteve cansado, angustiado e triste.
O mundo esteve vazio e sombrio.
Renove a esperança e acredite de novo.
Sofreu e chorou nos últimos tempos.
Acredite que aprendeu com as lagrimas e lavou a alma.
Abra as portas que você fechou.
Isto já e o recomeço de uma vida.
Perceba o prazer das coisas simples.
Sorria para as pessoas de quem se afastou.
A cada amanhecer é um bom motivo.
Sonhe, fortaleça-se e lute muito.
Acredite no desejo de transformar.
Deixe mais belo seus dias de chumbo.
Torne mais suave os dias hostis.
Queira ser uma pessoa feliz.
Seja calmo e torne-se gentil.

Autora: Solange Netto Andrade
08/08/2002

FIM DE ANO


       
                
Época de renovar conceito e arrumar.
Tanto a vida como o lar.
Mudo coisas de lugar, mudo cores.
Limpo guarda-roupa e faço doações.
Os sapatos coloquem para arejar.
Lavem tudo que puder ser lavado.
E separe tudo que devera continuar a usar.
Avalie a nova oportunidade da vida.
Inclusive os amigos se valem a pena que permaneçam em minha lista.
Confira as finanças e pensa onde poderá  fazer melhor.
Elimine as pestes daninhas acumuladas.
Como o orgulho a preguiça a teimosia e o mau humor.
Nesta época de festa especial faça balanço e tenha a oportunidade para recomeçar.
Fazendo residir à grandeza da vida e desfrute da dádiva oferecida.

Autora: Solange Netto Andrade
29/12/2012

sábado, 24 de novembro de 2012

SEGUIR


                   

Caminhos que nos levam e trazem.
Alegrias tristezas amores e esperanças.
Não existem idas e vindas sem caminhos.
É parte integrante da vida.
Buscamos e percorremos lugares.
Somos treinados para os primeiros passos.
E passo a passo aperfeiçoamos cada dia.
Na conquista de um caminho integro.
Alguns têm tudo para trilhar rápido.
Outros têm dificuldades para chegar.
Mas todos chegarão ao ponto final.
Abrindo caminhos e fronteiras.
Rompendo barreira, ultrapassando limite.
Vencemos com propósito e certeza.
De encontrar o caminho que nos leva.
Ao alfa e ao Omega.
Do principio ao fim e a eternidade.

Autora: Solange Netto Andrade
06/02/2012
             

APRENDER A PERDOAR


               

Com amor verdadeiro expresso perdão.
O perdão nos liberta da doença física.
Perdoar simplesmente a quem te feriu.
Deixar  de pensar na dor e na ira.
Pensar em aceitação de coisas boas.
Não se acorrentando ao passado.
Pois é o veneno mais destrutivo.
Neutraliza todo recurso existente do amor.
Perdoar é um dever diário a praticar.
Comece perdoando a si próprio.
Por atos involuntários e impensados.
Por julgar tudo a sua maneira.
A quem não podes perdoar?
Com quem estas ressentidas?
Perdoa para ser perdoado.
Seja uma alma nobre.
Perdoando.

Autora: Solange Netto Andrade
04/01/2002
               

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

ACORDO

                 
                

Fiz acordo com minha existência.
Jamais fugirei dela.
Mas não quero ser perseguida.
Me nego caminhos traçados.
Pois quero um pouco de loucura.
Quero conhecer a eternidade.
Sem pressa medo e lamentação.
Sentir a felicidade em pingos de alegria.
Prometo compreender a vida concedida.
Procurando respostas dentro de mim.
Meu acordo é com as coisas e pessoas.
Que aparecem simplesmente num instante.
Selando e marcando para sempre.
Como bilhete carta ou apenas partindo.
Machucando magoando acabando.
O acordo de reaprender a vida.

Autora: Solange Netto Andrade
04/01/2012

SEM PRESSA



vermelho, sensual, lábios













Forte guerreira sensual e feminina.
Possui vitalidade e vivacidade.
Tem jeito especial de ser.
É pretensiosa e simplesmente se gosta.
Jamais se precipita sabe esperar.
Pensa em qualidade de vida.
Ser madura é encantar não enfeitiçar.
Seu jogo de cintura acalenta e desperta.
Prefere o desejo à cobiça para encantar.
Sem sombra, mas aura brilhante.
Floresce o conjunto das coisas belas.
Queira descobrir esta mulher.
E desejará morrer nos braços dela.
Nesta arte de saber viver.
Juras nunca envelhecer.
Deixando o tempo seguir.

Autora: Solange Netto Andrade
24/01/2012

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

VIGOR


                                
            


Quando me sinto no vazio o silêncio me acompanha.
Lembro com saudade momentos do passado então escrevo.
Numa folha qualquer o mesmo no pensamento.
Escrevo o que o meu coração pulsa como lembranças.
Meus dedos compulsivos desatam a descrever estórias.
Sobre qualquer fato sem medo das palavras.
A contingência da vida permitiu que eu enfrentasse a valentia.
O que eu queria era ser sadia e forte.
Ter raciocínios férteis e perspetivas diferentes.
Mas simplesmente as lagrimas tomaram conta de mim em vários momentos.
E levaram minha alma a ter impulso afetivo que me deu consciência de sentimento.
Escrever é uma rica totalidade que me agrada.
Consola minha existência e revigora minha vontade de seguir.

Autora: Solange Netto Andrade
30/04/2011


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Oração a Jesus

                                     a-agonia-de-jesus

Senhor Jesus,

Permanente inspiração de nossos caminhos,
Abre-nos, por misericórdia,
Como sempre,
As portas excelsas
De tua providência incomensurável...

Doador da Vida,
Acorda-nos a consciência
Para semearmos ressurreição
Nos vales sombrios da morte;

Distribuidor do Sumo Bem,
Ajuda-nos a combater o mal
Com as armas do espírito;

Príncipe da Paz,
Não nos deixes indiferentes
À discórdia
Que vergasta o coração
De nossos companheiros sofredores;

Mestre da Sabedoria
Afugenta para longe de nós
A sensação de cansaço
À frente dos serviços
Que devemos prestar
Aos nossos irmãos ignorantes;

Emissário do Amor Divino,
Não nos concedas paz
Enquanto não vencermos
Os monstros da guerra e do ódio,
Cooperando contigo,
Em tua augusta obra terrestre;

Pastor da Luz Imortal,
Fortalece-nos,
Para que nunca nos intimidemos
Perante as angústias e desesperos das trevas;

Distribuidor da Riqueza Infinita,
Supre-nos as mãos
Com teus recursos ilimitados,
Para que sejamos úteis
A todos os seres do caminho,
Que ainda se sentem minguados
De teus dons imperecíveis;

Embaixador Angélico,
Não nos abandones ao desejo
De repousar indebitamente,
E converte-nos
Em teus servidores humildes,
Onde estivermos;

Mensageiro da Boa Nova,
Não permitas
Que nossos ouvidos adormeçam
Ao coro dos soluços
Dos que clamam por socorro
Nos círculos do sofrimento;

Companheiro da Eternidade,
Abençoa-nos as responsabilidades e deveres;
Não nos relegues à imperfeição
De que ainda somos portadores!

Dá-nos, amado Jesus, o favor de servir-Te
E que o Supremo Senhor do Universo Te glorifique
Para sempre.
Assim seja!...

(Prece de Cipriana - Do livro “No Mundo Maior” - André Luiz / Chico Xavier)


ORAÇÃO A MARIA DE NAZARE





Maria mãe espiritual de toda humanidade, saudamos-te cheia de graça e pedimos a assistência para os abandonados, força para os fracos, luz para os cegos espirituais, amparo aos caídos, alimento para os famintos de amor e paz para os prisioneiros do ódio.

Sede Senhora o abrigo para todos nós, pequenas sementes que o jardineiro de Deus, vosso filho todos os dias sai para semear nas veredas divinas, nós que ainda teimamos no desejo que nos aprisiona a terra, longe do sol da verdade e da brisa do amor. Mas vós que sois estandarte ao lado do Senhor livrai-nos da morte e nos prestai assistência dando-nos a claridade do vosso coração de mãe amorosa.
Abrigo dos que sofrem, em vosso colo enveredamos nossa cabeça, na certeza de que ouviremos do vosso lábio de mulher e mãe esta rogativa, meu Deus concede-lhes o perdão porque crianças são ainda, precisando e muito do pastor divino, Jesus Cristo, para que esteja presente em nossos corações por todos os séculos.

Bezerra de Menezes

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

MARCAS


                 

Se eu pudesse jogaria cascas.
Para marcar meu caminho percorrido.
E não pensaria nos dias inúteis que tive.
Seguraria firmes as coisas importantes.
Não pensaria no dia no mês nem no ano.
Viveria intensamente os acontecimentos.
Consultaria mais meu coração.
E realmente viveria o tempo do meu dia.
Com recordações e lembranças de alegrias.
Olhar as rugas como tempo e experiência.
Sabendo curte-las com sabedoria.
Pois a existência é emoção que perdura.
Marcando a diferença da vida vivida.
Conforme o espírito fazendo o percurso.
Que tem duração e significado.
Sendo inesquecível o êxtase realizado.
Recuperando as cascas jogadas.
Encontrar o caminho da eternidade.  

Autora: Solange Netto Andrade
08/02/2008

sábado, 28 de julho de 2012

OUTRA VEZ


                     jesus-salva

Quando seus esforços derem errados.
Não penses que tudo foi em vão.
O aparente fracasso é apenas uma porta.
E conduzirá a felicidade nunca conhecida.
Sente-se enfraquecido não se sinta vencido.
Pois lágrima e lamento não vale seu tempo.
Sintonize seus desejos e aspirações.
Na medida exata de seus sonhos.
Tire proveito de tudo e realizará.
Ouse experimentar sempre outra vez.
Enfrente dores cometa erros levante-se.
Então tente outras mil vezes.
Assim sua vida será inundada.
De esperança e sempre haverá luz.
Afinal é entre tropeços e fracassos.
Que nos tornamos pessoas melhores.
Tente sempre outra vez.

Autora: Solange Netto Andrade
08/02/2008
                 

terça-feira, 24 de julho de 2012

ENTREVISTA DO OTTO



                                                     FOTO ILUSTRATIVA


Programa 9MINUTOS dia 23/07/2012.
http://www.youtube.com/watch?v=8eOfq0LDeiw

domingo, 22 de julho de 2012

ARTE DE VIVER

                        

Se tiver a casa cheia ou vazia.
Quando sair sozinho ou acompanhado.
Num momento inevitável de tristeza.
Porque alguém deixou de te amar.
Ver os filhos partindo definitivamente.
Tirando dos ombros o aconchego.
Agora estando só sinta a arte do viver.
Seja feliz com sol ou tempestade.
Estando fazendo frio ou calor.
Tendo saúde ou estando doente.
Com muito ou pouco dinheiro.
Mesmo estando magoado, sofrendo.
Tenha sempre serenidade para aceitar.
Coragem para modificar.
E sabedoria para conseguir reconhecer.
Caminhos com ou sem acidentes.
Ser bastante para si mesmo.
E entender a arte do que realmente é viver.

Autora: Solange Netto Andrade
02/12/2011

VENTOS

                     
               
A alma fecha o corpo.
A luz apaga quando fecha a porta.
Numa utopia somos despojados.
Lançado ao mundo aos ventos.
Privados da posse total da vida.
Como hospede do corpo apenas viver.
Compreender e aceitar o mistério.
Horrível não entender a morte.
O fechar dos olhos e não abrimos mais.
É o relâmpago certeiro no coração.
Não lamente nem chore.
Pois lamentar é como remorso.
Remorso do que não vivemos.
Alma é como ventania.
Violento vento que leva tudo de bom.
Mas este mesmo vento traz novas alegrias.
O vento como tempo ajuda desapossar.
O vento frio nos adorna e nos cobre.
Faz-nos dormir e esquecer nossa alma.

Autora: Solange Netto Andrade
20/12/2010

quarta-feira, 11 de julho de 2012

SOLITÁRIO


                   


É a lágrima que não se soltou.
É a ausência de música na vida.
É o coração batendo sem ser percebido.
É o olhar perdido sem expressão.
É o desejo guardado na mente.
É abraçar o abraço do vento.
É a palavra calada e sofrida.
É a vida sem lembranças.
É não ter esperança no amanhã.
É o silêncio sem sentido.
É extravasar o tempo sofrendo.
É eternizar cada instante desnecessário.
É esquecer-se de respirar e morrer.
É decepcionar eu, ele a todos.
É solitário não saber celebrar.
A dádiva querida da vida.

Autora: Solange Netto Andrade
20/12/2011

LAMPEJO DO DESEJO


              

É um clarim a vibrar como lampejo.
Um beijo de ternura e desejo.
Violento e terno efêmero e eterno.
Minha alma inteira de repente.
No próprio desejo violento.
Percebo um estranho ardor.
Feito o calor que queima.
O frio do arrepio quando te vejo.
Os olhos brilham e marejam.
O coração palpita de desejo.
Sei que é amor.
Meu amor porque quando te vejo.
Eu sofro choro e me alegro.
Contra o invisível do desejo.
Quero dizer-te.
Que hoje amanhã e sempre.
Amar-te-ei.

Autora: Solange Netto Andrade
07/07/2010

FASCINANTE

                   


O amor que fascina a gente.
Como o calor intenso do verão.
O encanto da flor da primavera.
Como brisa fria do inverno.
Num vento impetuoso do outono.
O amor é como o mar em fúria.
Que mescla adoravelmente o tempo.
O passado do presente e ao futuro.
Como viajantes do tempo.
Nos conserva no nosso eterno presente.
Recordando passados marcantes.
E sonhando com o futuro amante.
Amor é assim, nosso amor.
Acalma e adoça de repente.
Enfim é assim o amor fascinante.
Fascine-se e viva este amor permanente.

Autora: Solange Netto Andrade
02/01/2012

quinta-feira, 28 de junho de 2012

ESTRANHO VAZIO

                     
               
Algo estranho eu estou sentindo.
Juro que não sei explicar sinto um vazio.
No mundo nas pessoas nas coisas.
Sinto pressentimentos e calafrios.
Quero compreender este momento.
Como que renunciando meu coração.
Recolhendo ao meu silêncio.
Relembro caminhos de pedras.
Das marcar das amarguras.
Com cicatrizes guardadas.
E lágrimas sofridas jogadas ao vento.
Marcas profundas ficaram em meu coração.
Esforço-me tentando sustentar e suportar.
As dores mais temidas da morte.
Ver partir uma vida querida.
Mas as lágrimas que choro agora.
Acalma minha alma deixando-me serena.
Neste instante, não é estranho este vazio.
É uma saudade estranha e eterna.

Autora: Solange Netto Andrade
27/01/2009

terça-feira, 26 de junho de 2012

CORTINA

                        
                        

Não sou teatro.
Não uso fantasias.
Não posso trocar a face igual à roupa.
Não é permitido ensaiar a vida.
Então cante quando estiver alegre.
Dance quando ouvir uma música.
Comemore as coisas que deram certo.
Chore intensamente quando sentir vontade.
Pense somos apenas momentos.
Seja amante das coisas boas.
Tenha discrição nas horas difíceis.
Lute e encontre toda a sorte.
Nos dias infinitos que terá.
Veja no sol e na lua um divisor.
Como cortina que separa seu dia.
Sorria para esta vida real.
Antes que a cortina feche.
Pois definitivamente um dia fechara.

Autora: Solange Netto Andrade
05/04/2001

sexta-feira, 22 de junho de 2012

DISPERDICIO

                   


Há dias que penso no desperdício do tempo.
Onde amamos menos quem devíamos.
Limitando a força que temos.
Com nossa prudência nada arriscamos.
Não separamos a hipocrisia da verdade.
O esbanjamento de coisa material.
Esquecemos-nos de valorizar a vida.
Não percebemos a água implícita secando.
O beijo tático da sede infinita.
Desperdício é tentar misturar o azeite e água.
Ficar na inércia esgotando a mente.
Na prudência egoísta perdendo a felicidade.
Ignorar a experiência vivida.
Na procura de desvio cair no precipício.
Perder tempo desperdiçando idéias.
Pois nem os erros são desperdício.
Viva a abundancia de seu dia.

Autora: Solange Netto Andrade
16/12/2011

RIACHOS

                
                    

Se alguém bloquear meu coração.
Não gastarei energia com confronto.
Buscarei novos encontros.
Sinto meu coração como água.
E minha sabedoria feito rios.
Deixo as coisas acontecerem.
Não fico com quem me faz chorar.
Contorno como os rios minha vida.
Crio riachos buscando caminhos.
Largas esperanças e encantos.
Navego e deixo correr como sangue na veia.
Levando e mandando embora a nostalgia.
Aproveito este riacho encantado.
Relaxo e deixo esta dor estendida.
Entre a relva e a selva.
Faço dormir esta vida deprimida.
Acordo e rego esta vida merecida.

Autora: Solange Netto Andrade
15/01/2010

domingo, 17 de junho de 2012

SITE TIA TETÊ

                        /album/galeria-de-fotos/dsc01131-jpg1/

http://garioil.webnode.com/

Família este site é da Tia Tetê (Irmã de José Macedo)
Está com produção de ÓLEO DE COCO.
Entrem no link acima e conheça os benefícios e vamos prestigia-la.
Grande beijo a todos.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

BEM E O MAL


             
Quem do mal querer e do bem viver.
E de tolices mil quantas más ações.
Deixei de cometer a cada dia.
Olhando para o céu e compreendendo o infinito mistério.
Penso em gravar minhas memórias num cristal.
Desejando acender mil lâmpadas.
Mas sei que apenas uma vela iluminará minha vida.
Tenho convicção que a felicidade não míngua quando compartilhada.
Somos resumo de palavras ditas e ouvidas.
Que perfuma a alma e perfura o coração.
Vivemos paixões que nos consome.
Na constante perseguição dos dias infindáveis.
Estando do amanhecer ao anoitecer.
Abraçando oportunidades e aproveitando.
Tentando compreender o que é verdadeiramente viver.
Mergulhando no desconhecido ultrapassando o entendimento.
E sobrevivendo o bem e o mal.
Tornando meus dias mais felizes com o bem.

Autora: Solange Netto Andrade
08/01/2009

ETERNO AMIGO


           Amigos
Aquele que cabem na palma da mão.
Amigos que sabem quem eu sou.
Meus amigos da infância até a velhice.
Peço amigos que suportem minhas angustias.
E aquentem comigo o dia ruim.
Quero amigos sérios e fieis.
Mas que acredita na fantasia e na magia da vida.
Meus amigos devem ser loucos e santos.
Quero sua maior alegria.
Mas também darei meu ombro e colo.
Quero risos imprevistos e alegres.
Escolho amigo de alma não de cara.
De pele e brilho como a pupila.
Deles não quero duvidas e sim certezas.
Busco nos amigos humildade e perdão.
Para isso precisamos ser bobos e sérios, crianças e velhos.
Sermos sempre eternos amigos.


Autora: Solange Netto Andrade
18/04/2011


segunda-feira, 4 de junho de 2012

SOMBRA DA PAZ


                             white dove in flight 1

Invictos são os desejos de realização.
Se não posso mudar as circunstâncias.
Enxergando um futuro obscuro.
Ergo meus sonhos e ideais e mudo.
Meu coração inspirador me torna pronta.
A ouvir uma canção deslumbrante.
E tudo muda e temos que mudar com elas.
Não posso esperar isto dos outros.
Dentro de mim meu espírito domável.
Meu pensamento amável e tranqüilo.
Não me importo se o portão é estreito.
Farei o possível para transpassá-lo.
Eu sou dona de minha alma.
Galgarei dias livres sem preocupação.
E descansarei na sombra da PAZ.

Autora: Solange Netto Andrade
13/02/2012

domingo, 20 de maio de 2012

UM SORRISO


                 

Quer saber, vem do coração.
Sorrir tem que ser sempre.
Vantagem do sorriso é universal.
Então sorria para o mundo inteiro.
Quem tem o sorriso enfeita amores.
Sorriso, ainda é aquele que planta e cultiva a felicidade.
Não depende do que nos falta.
Mas do bom uso que fazemos do que temos.
Continue sorrindo para enfeitar.
Um rosto lindo.
Sorria mesmo para sonhos impossíveis.
Sorria  para o amor ainda que sem retorno.
Mesmo que te vejam sorrir.
Chorariam contigo.
Chore  quando tiver vontade.
Mas torne operante o sorriso em teu ser.
Navegue nesta vida como viajante do sorriso.
Trará para sua alma a paz.
Divulgará o amor e a alegria.
É o mínimo que o sorriso fará.
Lhe fazer eternamente feliz.

Autora: Solange Netto Andrade
05/11/2003

sexta-feira, 18 de maio de 2012

OLHAR

                         


Tudo se traz no olhar.
Não se faz necessário falar.
No olhar tudo se revela.
O olhar fala parecendo que mente.
O olhar se fecha tentando esconder.
Só um olhar se basta.
Quando diz o que sente.
Inteiramente com alma nem fala.
No olhar toda a ilusão proclama.
Ah, se eu pudesse entender.
O silencio de um olhar.
Seu jeito da arte de piscar.
Tampouco compreendo nem explico.
Mostrando tudo num olhar.
Tornar o olhar um habito.
Sem necessidade de tocar.
Simplesmente e apenas olhar.
Poder sentir o que o olhar não vê.
Meu olhar te sente.

Autora: Solange Netto Andrade
30/11/2011

segunda-feira, 14 de maio de 2012

O SER

                     

Olhos que vêem motivos para viver.
Bocas, proclamam o sorriso e a verdade.
Narizes sentem aromas e odores da natureza.
Ouvidos aprendem a ser sábio.
Coração palpitando a emoção do amor.
E assim damos sentido à vida.
Ao acordar exala o perfume do viver.
No andar manifesta paciência.
No falar demonstra sabedoria.
No banhar-se purifica a alma.
Ao comer repomos energia.
Os gestos expressa doçura.
Ao dormir entrega-se a paz.
Durante toda a noite em sonhos.
Externamos nosso aconchego e carinho.
Corpo na expressão e na forma.
E na essência de ser sempre você.
Num só corpo.
Um só pensamento.
Um só espírito.
Eu ou você.

Autora: Solange Netto Andrade 
03/01/2011

segunda-feira, 7 de maio de 2012

BIBLIOTECA PUBLICA



                  

http://www.dominiopublico.gov.br/

Este link é de uma biblioteca pública.
Onde você tem acesso a alguns livros.
Pesquise se gostar de lê.
Ou então comece a criar um hábito maravilhoso.
Ler é melhor do que ficar na internet.
Além de fazer bem, melhora sua qualidade de vida.

sábado, 5 de maio de 2012

NÃO RECLAME


                 

Para que tu serves vida.
Para primar as lágrimas caída.
Deixá-las cair deslizando sorrindo.
Usar teus ombros apoiando os sofridos.
Dando luz a vidas escuras.
Marcando os dias com atitudes.
Dando sempre o que temos de sobra.
E vivermos com tudo que recebemos.
Somamos alegrias e dividimos tristezas.
Sabendo silenciar segredos.
Da cumplicidade não explicada.
Ficar calada apenas ouvindo.
Dedicar-se à aquele necessitado.
Somos mais ou menos como anjos.
Que nos eleva em nossos sentimentos.
Deixando o pensamento voar.
Sentindo seu corpo leve flutuar.
Como em sonhos.
Para quando acordar jamais reclamar.

Autora: Solange Netto Andrade
01/03/1980

TENHO CERTEZA

                               

Um dia tive medo.
Um dia eu estava sem esperança.
Um dia eu estive triste.
Um dia tive vergonha.
Então fui alimentada e iluminada.
Fui guiada e encontrei o caminho.
Sou servida em abundancia.
Estou tremendamente feliz.
Tenho certeza do amanhã.
Tenho coragem para seguir.
Tenho sorte na vida.
Tenho a eterna alegria.
Agora alimento quem posso.
Agora levo esperança.
Agora tenho mais fé.
Agora alimento meu espírito.
Tenho Deus na vida e no coração.


Autora: Solange Netto Andrade 
03/04/2001


segunda-feira, 30 de abril de 2012

ESTAR FELIZ


                         
                           
Faço tudo na vida.
Nunca me arrependo das decisões tomadas.
Movida muitas vezes pela loucura.
Mas a maioria buscando mudança.
Briguei, esperneei, gritei e sofri.
De nada adiantou tanta bravura.
Na busca incansavelmente da felicidade.
Já me embebi de todas as delicias da vida.
Agora sei que ela sempre esteve comigo.
Na excitação do esforço criativo.
E absorvida nas coisas simples.
Sinto–me completa e maravilhosa.
Percebi que não existe modelo nem forma.
Esta dentro da alma o nosso limite.
Entender se torna indispensável.
Vive-la é fundamental.
Nem cogito a idéia de deixar de senti-la.
Pois tenho sido mais feliz do que esperava.
E a têmpera de minha alma me faz feliz.

Autora: Solange Netto Andrade
25/11/2011

domingo, 29 de abril de 2012

SOFIA BRINCANDO COM BISAVÔ MACEDO




http://youtu.be/IQQoGT5xT8Q


Ei priminhos e priminhas.
Eu Sofia convido a todos vocês a virem brincar também.
Com o bisavô Macedo e bisavó Maria Osoria.
Temos o privilegio de tê-los conosco.
E o tempo passa rápido demais.
Então não percam tempo e venham desfrutar como Eu.
Estou apaixonada por eles e eles por mim.
Amor é convivência.
Conviver é uma delicia e sou cada dia mais amada.
Aprendo brincando, sou paparicada e mimada.
Tem coisa melhor que mimos?.
Olha! Tudo isso pode ser para vocês também.
Venham visita-los.
Beijos.




sábado, 21 de abril de 2012

DOMINGO DE PASCOA 2012

Domingo de Pascoa 2012 Hotel Coqueiral
Thaila, Olavo e Thor

Poliana com as crianças, só alegria com os ovos de Pascoa.

SABENDO VIVER

"Viver não é esperar a tempestade passar... é aprender como dançar na chuva."


Se eu tivesse que escolher uma palavra – apenas uma – para ser item obrigatório no vocabulário da mulher de hoje, essa palavra seria um verbo de quatro sílabas: 
descomplicar. Depois de infinitas (e imensas) conquistas, acho que está passando da hora de aprendermos a viver com mais leveza: exigir menos dos outros e de nós próprias, cobrar menos, reclamar menos, carregar menos culpa, olhar menos para o espelho. Descomplicar talvez seja o atalho mais simples para chegarmos à tão falada qualidade de vida que queremos – e merecemos – ter.

Mas há outras palavras que não podem faltar no kit existencial da mulher moderna. Amizade, por exemplo. Acostumadas a concentrar nossos sentimentos (e nossa energia...) nas relações amorosas, acabamos deixando as amigas em segundo plano. E nada, mas nada mesmo, faz tão bem para uma mulher quanto a convivência com as amigas. Ir ao cinema com elas (que gostam dos mesmos filmes que a gente), sair sem ter hora para voltar, repetir as histórias que já nos contamos mil vezes – isso, sim, faz bem para a pele. Para a alma, então, nem se fala. Ao menos uma vez por mês, deixe o marido ou o namorado em casa, prometa-se que não vai ligar para ele nem uma vez (desligue o celular, se for preciso) e desfrute os prazeres que só uma boa amizade consegue proporcionar.

E, já que falamos em desligar o celular, incorpore ao seu vocabulário duas palavras que têm estado ausentes do cotidiano feminino:
  pausa e silêncio . Aprenda a parar, nem que seja por cinco minutos, três vezes por semana, duas vezes por mês, ou uma vez por dia – não importa – e a ficar em silêncio. Essas pausas silenciosas nos permitem refletir, contar até 100 antes de uma decisão importante, entender melhor os próprios sentimentos, reencontrar a serenidade e o equilíbrio quando é preciso.

Também abra espaço, no vocabulário e no cotidiano, para o verbo 
rir . Não há creme anti-idade nem botox que salve a expressão de uma mulher mal-humorada. Azedume e amargura são palavras que devem ser banidas do nosso dia a dia. Se for preciso, pegue uma comédia na locadora, preste atenção na conversa de duas crianças, marque um encontro com aquela amiga engraçada – faça qualquer coisa, mas ria. O riso nos salva de nós mesmas, cura nossas angústias e nos reconcilia com a vida.

Quanto à palavra dieta, cuidado: mulheres que falam em regime o tempo todo costumam ser péssimas companhias. Deixe para discutir carboidratos e afins no banheiro feminino ou no consultório do endocrinologista. Nas mesas de restaurantes, nem pensar. Se for para ficar contando calorias, descrevendo a própria culpa e olhando para a sobremesa do companheiro de mesa com reprovação e inveja, melhor ficar em casa e desfrutar sua salada de alface e seu chá verde sozinha.

Uma sugestão? Tente trocar a obsessão pela dieta por outra palavra que, essa sim, deveria guiar nossos atos 24 horas por dia: 
gentileza . Ter classe não é usar roupas de grife: é ser delicada . Saber se comportar é infinitamente mais importante do que saber se vestir. Resgate aquele velho exercício que anda esquecido: aprenda a se colocar no lugar do outro, e trate-o como você gostaria de ser tratada, seja no trânsito, na fila do banco, na empresa onde trabalha, em casa, no supermercado, na academia.

E, para encerrar, não deixe de conjugar dois verbos que deveriam ser indissociáveis da vida:
sonhar e recomeçar . Sonhe com aquela viagem ao exterior, aquele fim de semana na praia, o curso que você ainda vai fazer, a promoção que vai conquistar um dia, aquele homem que um dia (quem sabe?) ainda vai ser seu, sonhe que está beijando o Richard Gere... sonhar é quase fazer acontecer. Sonhe até que aconteça. E recomece , sempre que for preciso: seja na carreira, na vida amorosa, nos relacionamentos familiares. A vida nos dá um espaço de manobra: use-o parareinventar  a si mesma. 


E, por último (agora, sim, encerrando),
  risque do seu Aurélio a palavra perfeição.  O dicionário das mulheres interessantes inclui fragilidades, inseguranças, limites . Pare de brigar com você mesma para ser a mãe perfeita, a dona de casa impecável, a profissional que sabe tudo, a esposa nota mil. Acima de tudo, elimine de sua vida o desgaste que é tentar ter coxas sem celulite, rosto sem rugas, cabelos que não arrepiam, bumbum que encara qualquer biquíni. Mulheres reais são mulheres imperfeitas . E mulheres que se aceitam como imperfeitas são mulheres livres. Viver não é (e nunca foi) fácil, mas, quando se elimina o excesso de peso da bagagem (e a busca da perfeição pesa toneladas), a tão sonhada felicidade fica muito mais possível.   



Texto recebido por uma amiga.
Autor desconhecido

quarta-feira, 18 de abril de 2012

NAS ONDAS DO MAR

   
Brinca meu amor nas ondas do mar.
Neste encontro de magia do mar com Sofia.
Sua inocência deslumbra sombra cristalina.
Nesta água salgada e fria.
Olhando esta foto sua alegria encanta-me.
Sei que não terá lembrança deste momento.
Então tratei de documentar este dia.
Podemos sentir sua felicidade.
Este momento nunca se perderá.
Quando você crescer entenderá.
Que em nossos braços embalada de carinho.
Encheu nossas vidas de amor.
Somos eternamente gratos a Deus.
Por  nos dar  este calor e afeto que é você.
E de mãos ao vento seremos amor sempre.
E de você queremos o amor infinito.
Forte a cada dia em nossas vidas.
Seja sempre meiga e doce.
E que a graciosidade permaneça em você.

Autora: Solange Netto Andrade
18/04/2012

ENIGMA

                       


Conservei a tradição e segredos.
Não violei nenhum conceito.
Nenhum mal pratiquei e nem o farei.
Persegui a bondade infinita.
Não julgarei glorias e derrotas.
Nem mesmo a corrupção idiota.
Quando na solidão tenho o meu lugar certo.
Estabeleço compromisso de compartilhar a vida.
Guardarei e protegerei minha essência.
Enterradas em cavernas do coração.
Onde estará incluído meu manual de vida.
Minha disciplina bem aprendida.
Amor honra dignidade e fidelidade.
Principalmente o meu ser intacto.
No final entregarei a Deus.
Ele julgara, pois viver e morrer.
Somente ele decifra.
Como podemos nós decifrar o obscuro.
Este intrigante enigma.

Autora: Solange Netto Andrade
25/11/2011

segunda-feira, 9 de abril de 2012

AMOR

                      

Dizer que te amo não basta.
É preciso sentir todo o seu corpo.
Deslizar as mãos abraçando-te.
Olhar-te nos olhos e fazer-te sorri.
Pegar-te em meus braços e te beijar.
Teu corpo inteiro sentindo apenas meu.
E entre caricias envolver-te.
E entre um suspiro e outro.
Dizer-te meu amor bem baixinho.
Palavras mágicas que só o amor entende.
Mais parecendo línguas estranhas.
Onde o coração fala com o sentimento.
Só o amor entende este comunicar.
Dizer-te bem pertinho sussurrando em seu ouvido.
Digo amo-te, adoro-te.
Meu amor te ama.

Autora: Solange Netto Andrade 
13/10/2011


quinta-feira, 5 de abril de 2012

MAGIA ESCONDIDA

                             

Penso em você cada manhã.
Sua boca macia expressa doçura.
Fico perdida nesta magia.
Seu toque de intensa caricia.
Bate meu coração dentro do peito.
Feito turbilhão de emoção.
Sinto seus braços em torno de mim.
Sonho com você a cada noite.
Acordada não expresso minha alegria.
Pois devo negá-lo todos os dias.
Minha infinita aflição escondida.
Espero poder um dia.
Dizer e gritar para a vida e ao mundo.
Que meu coração está num coração.
Meu pensamento numa só pessoa.
Estando juntas nossas mãos um dia.
Mostrar quem habita meu coração.
Pois vivemos e curtimos nossas emoções.
E assim não morreremos de solidão.

Autora: Solange Netto Andrade
16/02/2011

AMOR SEM IDADE

                            
                
Quem ama escuta apelo da eternidade.
Sem tempo e sem idade.
Quando brota o amor.
Floresce na vida o encanto.
Tanto ontem como agora.
Sem amor e sem razão nada há.
Seria viver num vazio profundo.
O amor não marca, nem dia nem hora.
São mitos de calendários.
Pois transcendem como o tempo.
Não tem tempo consumado.
Nem tempo economizado.
O amor transforma o verso.
Em rima de mãos e olhos cruzados.
Florindo corações apaixonados.
Deixando-se cair num abismo da paixão.
Transformando canções.
Deixando o coração encantado.
Nem percebendo o tempo.
Meu amado com seu tempo.
Meu tempo não é nada.

Autora: Solange Netto Andrade
04/07/2002

domingo, 1 de abril de 2012

VIDEOS DO ANIVERSARIO DE PAPAI 1º ABRIL 2012



   


   


   


   

Hoje papai completou 88 anos
Temos uma grande família
Tudo começou com José Macedo e Maria Osoria
Tiveram seis filhos que casaram
Hoje são 24 netos (sendo 5 in memorian)
 19 bisnetos (sendo 1 in memorian)
Os videos retratam bem esta grande família
Imaginem daqui pra frente 
Divirtam-se beijos 

MENSAGEM PARA PAPAI DE UM AMIGO



Parabéns José Macedo de Andrade
O aniversário que comemoramos em nossa melhor idade, pensamos nós!. 
Que é o mais bem comemorado e justo.
Porque comemoramos não só mais um ano.
Mas também muita sabedoria acumulada em todo percurso de nossa vida.
E a árvore da sua vida está carregadinha de folhas vivas e viçosas.
Cada folha traz a audácia que nem todos tem o privilegio de ter.
Que é saber viver espiritualmente de forma saudável e feliz.
Sua árvore está sempre florida com as mais belas e perfumadas flores.
Porque elas são colheita da imensa lavoura de Fé.
Esperança, e amor que você semeou e semeia nos corações.
Tanto dos seus familiares, parentes, como nos corações de seus amigos.
Através de sublimes recordações.
A paz, a alegria, e a esperança, sempre foram sua meta de luta.
E isso percebemos mesmo a distância, em sua idoneidade que transmite.
As palavras de ânimo que sempre nos deixa, no carinho incondicional que também não nos deixa faltar.
Na verdade! nosso estimado e amigo Coronel Macedo.
Se formos escrever sobre você e tudo que pensamos.
Se formos colocar no papel todo carinho e admiração que temos por você.
Passariam dias e noites preenchendo páginas com palavras.
E ainda assim não seria possível descrever a imensidão do bem que lhe queremos.
Do fraterno amor que lhes temos.
Então mesmo um pouco distante, receba nossos sinceros parabéns.
E absorva todos os fluidos bons que lhe transmitimos.
Através do nosso carinho, e do nosso desejo de que tudo de melhor nessa vida aconteça para você.
Deus te abençoe muito!

Seu amigo e família.
1º de Abril de 2012