segunda-feira, 30 de abril de 2012

ESTAR FELIZ


                         
                           
Faço tudo na vida.
Nunca me arrependo das decisões tomadas.
Movida muitas vezes pela loucura.
Mas a maioria buscando mudança.
Briguei, esperneei, gritei e sofri.
De nada adiantou tanta bravura.
Na busca incansavelmente da felicidade.
Já me embebi de todas as delicias da vida.
Agora sei que ela sempre esteve comigo.
Na excitação do esforço criativo.
E absorvida nas coisas simples.
Sinto–me completa e maravilhosa.
Percebi que não existe modelo nem forma.
Esta dentro da alma o nosso limite.
Entender se torna indispensável.
Vive-la é fundamental.
Nem cogito a idéia de deixar de senti-la.
Pois tenho sido mais feliz do que esperava.
E a têmpera de minha alma me faz feliz.

Autora: Solange Netto Andrade
25/11/2011

domingo, 29 de abril de 2012

SOFIA BRINCANDO COM BISAVÔ MACEDO




http://youtu.be/IQQoGT5xT8Q


Ei priminhos e priminhas.
Eu Sofia convido a todos vocês a virem brincar também.
Com o bisavô Macedo e bisavó Maria Osoria.
Temos o privilegio de tê-los conosco.
E o tempo passa rápido demais.
Então não percam tempo e venham desfrutar como Eu.
Estou apaixonada por eles e eles por mim.
Amor é convivência.
Conviver é uma delicia e sou cada dia mais amada.
Aprendo brincando, sou paparicada e mimada.
Tem coisa melhor que mimos?.
Olha! Tudo isso pode ser para vocês também.
Venham visita-los.
Beijos.




sábado, 21 de abril de 2012

DOMINGO DE PASCOA 2012

Domingo de Pascoa 2012 Hotel Coqueiral
Thaila, Olavo e Thor

Poliana com as crianças, só alegria com os ovos de Pascoa.

SABENDO VIVER

"Viver não é esperar a tempestade passar... é aprender como dançar na chuva."


Se eu tivesse que escolher uma palavra – apenas uma – para ser item obrigatório no vocabulário da mulher de hoje, essa palavra seria um verbo de quatro sílabas: 
descomplicar. Depois de infinitas (e imensas) conquistas, acho que está passando da hora de aprendermos a viver com mais leveza: exigir menos dos outros e de nós próprias, cobrar menos, reclamar menos, carregar menos culpa, olhar menos para o espelho. Descomplicar talvez seja o atalho mais simples para chegarmos à tão falada qualidade de vida que queremos – e merecemos – ter.

Mas há outras palavras que não podem faltar no kit existencial da mulher moderna. Amizade, por exemplo. Acostumadas a concentrar nossos sentimentos (e nossa energia...) nas relações amorosas, acabamos deixando as amigas em segundo plano. E nada, mas nada mesmo, faz tão bem para uma mulher quanto a convivência com as amigas. Ir ao cinema com elas (que gostam dos mesmos filmes que a gente), sair sem ter hora para voltar, repetir as histórias que já nos contamos mil vezes – isso, sim, faz bem para a pele. Para a alma, então, nem se fala. Ao menos uma vez por mês, deixe o marido ou o namorado em casa, prometa-se que não vai ligar para ele nem uma vez (desligue o celular, se for preciso) e desfrute os prazeres que só uma boa amizade consegue proporcionar.

E, já que falamos em desligar o celular, incorpore ao seu vocabulário duas palavras que têm estado ausentes do cotidiano feminino:
  pausa e silêncio . Aprenda a parar, nem que seja por cinco minutos, três vezes por semana, duas vezes por mês, ou uma vez por dia – não importa – e a ficar em silêncio. Essas pausas silenciosas nos permitem refletir, contar até 100 antes de uma decisão importante, entender melhor os próprios sentimentos, reencontrar a serenidade e o equilíbrio quando é preciso.

Também abra espaço, no vocabulário e no cotidiano, para o verbo 
rir . Não há creme anti-idade nem botox que salve a expressão de uma mulher mal-humorada. Azedume e amargura são palavras que devem ser banidas do nosso dia a dia. Se for preciso, pegue uma comédia na locadora, preste atenção na conversa de duas crianças, marque um encontro com aquela amiga engraçada – faça qualquer coisa, mas ria. O riso nos salva de nós mesmas, cura nossas angústias e nos reconcilia com a vida.

Quanto à palavra dieta, cuidado: mulheres que falam em regime o tempo todo costumam ser péssimas companhias. Deixe para discutir carboidratos e afins no banheiro feminino ou no consultório do endocrinologista. Nas mesas de restaurantes, nem pensar. Se for para ficar contando calorias, descrevendo a própria culpa e olhando para a sobremesa do companheiro de mesa com reprovação e inveja, melhor ficar em casa e desfrutar sua salada de alface e seu chá verde sozinha.

Uma sugestão? Tente trocar a obsessão pela dieta por outra palavra que, essa sim, deveria guiar nossos atos 24 horas por dia: 
gentileza . Ter classe não é usar roupas de grife: é ser delicada . Saber se comportar é infinitamente mais importante do que saber se vestir. Resgate aquele velho exercício que anda esquecido: aprenda a se colocar no lugar do outro, e trate-o como você gostaria de ser tratada, seja no trânsito, na fila do banco, na empresa onde trabalha, em casa, no supermercado, na academia.

E, para encerrar, não deixe de conjugar dois verbos que deveriam ser indissociáveis da vida:
sonhar e recomeçar . Sonhe com aquela viagem ao exterior, aquele fim de semana na praia, o curso que você ainda vai fazer, a promoção que vai conquistar um dia, aquele homem que um dia (quem sabe?) ainda vai ser seu, sonhe que está beijando o Richard Gere... sonhar é quase fazer acontecer. Sonhe até que aconteça. E recomece , sempre que for preciso: seja na carreira, na vida amorosa, nos relacionamentos familiares. A vida nos dá um espaço de manobra: use-o parareinventar  a si mesma. 


E, por último (agora, sim, encerrando),
  risque do seu Aurélio a palavra perfeição.  O dicionário das mulheres interessantes inclui fragilidades, inseguranças, limites . Pare de brigar com você mesma para ser a mãe perfeita, a dona de casa impecável, a profissional que sabe tudo, a esposa nota mil. Acima de tudo, elimine de sua vida o desgaste que é tentar ter coxas sem celulite, rosto sem rugas, cabelos que não arrepiam, bumbum que encara qualquer biquíni. Mulheres reais são mulheres imperfeitas . E mulheres que se aceitam como imperfeitas são mulheres livres. Viver não é (e nunca foi) fácil, mas, quando se elimina o excesso de peso da bagagem (e a busca da perfeição pesa toneladas), a tão sonhada felicidade fica muito mais possível.   



Texto recebido por uma amiga.
Autor desconhecido

quarta-feira, 18 de abril de 2012

NAS ONDAS DO MAR

   
Brinca meu amor nas ondas do mar.
Neste encontro de magia do mar com Sofia.
Sua inocência deslumbra sombra cristalina.
Nesta água salgada e fria.
Olhando esta foto sua alegria encanta-me.
Sei que não terá lembrança deste momento.
Então tratei de documentar este dia.
Podemos sentir sua felicidade.
Este momento nunca se perderá.
Quando você crescer entenderá.
Que em nossos braços embalada de carinho.
Encheu nossas vidas de amor.
Somos eternamente gratos a Deus.
Por  nos dar  este calor e afeto que é você.
E de mãos ao vento seremos amor sempre.
E de você queremos o amor infinito.
Forte a cada dia em nossas vidas.
Seja sempre meiga e doce.
E que a graciosidade permaneça em você.

Autora: Solange Netto Andrade
18/04/2012

ENIGMA

                       


Conservei a tradição e segredos.
Não violei nenhum conceito.
Nenhum mal pratiquei e nem o farei.
Persegui a bondade infinita.
Não julgarei glorias e derrotas.
Nem mesmo a corrupção idiota.
Quando na solidão tenho o meu lugar certo.
Estabeleço compromisso de compartilhar a vida.
Guardarei e protegerei minha essência.
Enterradas em cavernas do coração.
Onde estará incluído meu manual de vida.
Minha disciplina bem aprendida.
Amor honra dignidade e fidelidade.
Principalmente o meu ser intacto.
No final entregarei a Deus.
Ele julgara, pois viver e morrer.
Somente ele decifra.
Como podemos nós decifrar o obscuro.
Este intrigante enigma.

Autora: Solange Netto Andrade
25/11/2011

segunda-feira, 9 de abril de 2012

AMOR

                      

Dizer que te amo não basta.
É preciso sentir todo o seu corpo.
Deslizar as mãos abraçando-te.
Olhar-te nos olhos e fazer-te sorri.
Pegar-te em meus braços e te beijar.
Teu corpo inteiro sentindo apenas meu.
E entre caricias envolver-te.
E entre um suspiro e outro.
Dizer-te meu amor bem baixinho.
Palavras mágicas que só o amor entende.
Mais parecendo línguas estranhas.
Onde o coração fala com o sentimento.
Só o amor entende este comunicar.
Dizer-te bem pertinho sussurrando em seu ouvido.
Digo amo-te, adoro-te.
Meu amor te ama.

Autora: Solange Netto Andrade 
13/10/2011


quinta-feira, 5 de abril de 2012

MAGIA ESCONDIDA

                             

Penso em você cada manhã.
Sua boca macia expressa doçura.
Fico perdida nesta magia.
Seu toque de intensa caricia.
Bate meu coração dentro do peito.
Feito turbilhão de emoção.
Sinto seus braços em torno de mim.
Sonho com você a cada noite.
Acordada não expresso minha alegria.
Pois devo negá-lo todos os dias.
Minha infinita aflição escondida.
Espero poder um dia.
Dizer e gritar para a vida e ao mundo.
Que meu coração está num coração.
Meu pensamento numa só pessoa.
Estando juntas nossas mãos um dia.
Mostrar quem habita meu coração.
Pois vivemos e curtimos nossas emoções.
E assim não morreremos de solidão.

Autora: Solange Netto Andrade
16/02/2011

AMOR SEM IDADE

                            
                
Quem ama escuta apelo da eternidade.
Sem tempo e sem idade.
Quando brota o amor.
Floresce na vida o encanto.
Tanto ontem como agora.
Sem amor e sem razão nada há.
Seria viver num vazio profundo.
O amor não marca, nem dia nem hora.
São mitos de calendários.
Pois transcendem como o tempo.
Não tem tempo consumado.
Nem tempo economizado.
O amor transforma o verso.
Em rima de mãos e olhos cruzados.
Florindo corações apaixonados.
Deixando-se cair num abismo da paixão.
Transformando canções.
Deixando o coração encantado.
Nem percebendo o tempo.
Meu amado com seu tempo.
Meu tempo não é nada.

Autora: Solange Netto Andrade
04/07/2002

domingo, 1 de abril de 2012

VIDEOS DO ANIVERSARIO DE PAPAI 1º ABRIL 2012



   


   


   


   

Hoje papai completou 88 anos
Temos uma grande família
Tudo começou com José Macedo e Maria Osoria
Tiveram seis filhos que casaram
Hoje são 24 netos (sendo 5 in memorian)
 19 bisnetos (sendo 1 in memorian)
Os videos retratam bem esta grande família
Imaginem daqui pra frente 
Divirtam-se beijos 

MENSAGEM PARA PAPAI DE UM AMIGO



Parabéns José Macedo de Andrade
O aniversário que comemoramos em nossa melhor idade, pensamos nós!. 
Que é o mais bem comemorado e justo.
Porque comemoramos não só mais um ano.
Mas também muita sabedoria acumulada em todo percurso de nossa vida.
E a árvore da sua vida está carregadinha de folhas vivas e viçosas.
Cada folha traz a audácia que nem todos tem o privilegio de ter.
Que é saber viver espiritualmente de forma saudável e feliz.
Sua árvore está sempre florida com as mais belas e perfumadas flores.
Porque elas são colheita da imensa lavoura de Fé.
Esperança, e amor que você semeou e semeia nos corações.
Tanto dos seus familiares, parentes, como nos corações de seus amigos.
Através de sublimes recordações.
A paz, a alegria, e a esperança, sempre foram sua meta de luta.
E isso percebemos mesmo a distância, em sua idoneidade que transmite.
As palavras de ânimo que sempre nos deixa, no carinho incondicional que também não nos deixa faltar.
Na verdade! nosso estimado e amigo Coronel Macedo.
Se formos escrever sobre você e tudo que pensamos.
Se formos colocar no papel todo carinho e admiração que temos por você.
Passariam dias e noites preenchendo páginas com palavras.
E ainda assim não seria possível descrever a imensidão do bem que lhe queremos.
Do fraterno amor que lhes temos.
Então mesmo um pouco distante, receba nossos sinceros parabéns.
E absorva todos os fluidos bons que lhe transmitimos.
Através do nosso carinho, e do nosso desejo de que tudo de melhor nessa vida aconteça para você.
Deus te abençoe muito!

Seu amigo e família.
1º de Abril de 2012