quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

PROMESSA


                        

Não quero perder este jeito de ser.
Saber ouvir baixinho e ficar calada silenciosa.
Esta disponível sempre que for preciso.
Ser amiga companheira e conselheira.
Ficar sossegada sempre aprendendo.
Conseguir que flua do espírito o amor.
Tirar de minha vida todo o mau.
Com esperança quero sempre ser aprendiz.
Farei tudo para tornar-me melhor.
Quero a certeza do sim no coração.
Preciso soltar de uma vez o não.
Disfarçando o mau humor com sorriso.
Não abrirei  mão da paz.
Só sei viver se for com harmonia.
Eu não quero agora a morte.
Pois tenho muito para viver.
Em caminhos de brisas e sonhos.
Em ocasiões de motivos invisíveis.
Amando o que for possível e deliciando os dias.
Assim prometo.

Autora: Solange Netto Andrade
09/06/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário