quarta-feira, 11 de julho de 2012

FASCINANTE

                   


O amor que fascina a gente.
Como o calor intenso do verão.
O encanto da flor da primavera.
Como brisa fria do inverno.
Num vento impetuoso do outono.
O amor é como o mar em fúria.
Que mescla adoravelmente o tempo.
O passado do presente e ao futuro.
Como viajantes do tempo.
Nos conserva no nosso eterno presente.
Recordando passados marcantes.
E sonhando com o futuro amante.
Amor é assim, nosso amor.
Acalma e adoça de repente.
Enfim é assim o amor fascinante.
Fascine-se e viva este amor permanente.

Autora: Solange Netto Andrade
02/01/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário