domingo, 14 de fevereiro de 2016

TERNURA



                  
                

Enxergar a ternura nos outros.
Tratar com tolerância às coisas insuportáveis.
Ter suavidade no olhar e nos gestos.
Cuidar com amor os que lhes cerca.
Andar atentamente pela vida observando.
Exercitar a sutileza, paciência e compreensão.
Perceber e entender, pois somos diferentes.
Leveza nas palavras que por si só são fortes.
Aprenda a conviver, escute para tomar decisão.
Tenha sabedoria para separar a paz da liberdade.
A paz só tem graça com a doçura de ser livre.
Viva seus sonhos e sonhe com sua vida.
Preocupe-se com o que tem para viver.
Muitas vezes pensamos e falamos muito.
Mas é o silencio que resolve tudo.
Apenas siga, perdoe e esqueça.
Expresse com atitudes e palavras.
E não sofra por mentes imaginadoras.

Autora: Solange Netto Andrade
10/02/2016



Nenhum comentário:

Postar um comentário